sexta-feira, 19 de agosto de 2011

sobre a intimidade (II)

os homens tem mania de dizer que entendem tudo. e de entender é que vão se acomodando entre os erros de outros homens. na verdade, estão doidos pra mandar tudo aos ares (com todos os impropérios cabíveis à situação) e rir, que sabem como se encaixam melhor em si mesmos.  

eu não divido o gozo com ninguém, nem peço permissão pra foder, escrever, ou agir. quer brincar de ser rei, é lá do outro lado do rio. aqui não.