quarta-feira, 24 de julho de 2013

algumas leituras tem aberto a minha cabeça. temas como feminismo e política nunca estiveram tão presentes em meu pensamento. o que me lembra uma música que pensei ontem, mas ensaiando a escrita, ela não saiu. enfim, meu namorado é um fofo, e tem muito medo de mim. é verdade, mas ele não assume, porque ele pensa que toda mulher que tem passado de vadia é uma devoradora de homens, e não simplesmente mulheres sexualmente ativas. é normal, ele também não tem obrigação de saber tudo.  estava com saudades de escrever aqui, ultimamente o servidor tem dado pau. 

outra coisa interessante sobre meu namorado, é que mesmo sendo um pouquinho medroso de mulheres, ele me deixa sair com o cara que eu quiser, quando eu quiser. agora: que tipo de medo é esse que incita tamanha coragem em um homem? que pensamento atravessa a cabeça de um cara que deixa uma mulher como eu sair com todos os parceiros sexuais que eu tenho? eu acho muito legal da parte dele, e isso incita em mim um sentimento de fidelidade, o que é uma surpresa para mim também. eu pensei que tendo a liberdade de sair com quem eu quisesse, eu acabaria desgostando dele um pouco pela quantidade de parceiros disponíveis. mas não. eu prefiro ficar com ele, e cheguei a essa conclusão depois de ter saído com outra pessoa. 

ah, que legal desabafar. 
sabia que eu não acreditava que poderia me apaixonar por meu namorado quando eu o conheci? 
aí ele me conquistou, e isso é novo. é a primeira vez que sou conquistada e não seduzida. 
enfim... 

meus amigos gostam dele, minha família gosta dele e logo aqueles pensamentos bobos sobre você sumiram da minha mente. não importa mais porque não deu certo com você. deu certo para mim, e isso é o mais importante, não é?

legal que você me entende. 
legal.