sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

amor-perfeito

eu queria escrever um poema que não falasse de amor
daqueles que evoluem e des-evoluem a outros cantos

queria um poema que não tivesse traços de dor
daquele amor-perfeito que era e não era flor

mas me faltam palavras, me falta entendimento
de tudo que é a vida e do que somos nós

então fico no silêncio
esse melhor amigo.