segunda-feira, 12 de setembro de 2011

sobre a boneca de pano gêmea (pessoa II)

a gente brigou por causa do chiclete. ela chorou, eu voltei pra casa morrendo de dor de cabeça, irritada e sensível.

e aí a gente fez as pazes, ela fez uma chantagem enorme, de que só voltava a falar comigo se eu levasse a minha girafa, o meu binóculo e o violão e a boneca de pano gêmea da dela, e aí a gente brincou de parlenda pelo telefone, e eu vou casar com o ladrão, e ela com o rei, e o rafa com a menina-bonita-do-coração-dele, e depois a gente fez uma música legal, falou do caíque e da festa do folclore e eu pedi pra minha tia por favor me deixar desligar o telefone. e só.